Entenda os benefícios da inclusão do pilates na prevenção às lesões

Praticantes de futebol, seja jovem ou idoso, recreativo ou profissional, podem inserir aulas de Pilates na semana para melhorar sua atuação na modalidade e reduzir o risco de lesões.

Por Valéria da Silva

10 de Jan de 2019 11:17

O Pilates no Esporte é um método de condicionamento físico que trabalha o corpo como um todo. Através dos seus 6 princípios conseguimos chegar em uma excelência de movimento. Onde ocorre recrutamento apenas dos músculos necessários, na intensidade e velocidade correta, evitando sobrecarga articular e muscular e menor desperdício de energia.

Designed by Freepik

Os benefícios dos princípios do Pilates:

A Concentração durante a prática do Pilates é muito importante para que o aluno consiga ativar a musculatura e a forma correta de como ela deve ser trabalhada.

A Ativação do Centro de Força (Power House), composto entre outros, pelo músculo transverso do abdômen, faz com que a força se dissipe para as extremidades do corpo. O que potencializa os exercícios e torna-os mais seguros do ponto de vista da estabilidade da coluna lombar.

Já o princípio da Respiração ajuda na melhora do funcionamento dos músculos aumentando o percentual de ativação. E dos órgãos do corpo, por melhorar a permeabilidade sanguínea dos mesmos.

A Fluidez, o Controle e a Precisão trabalham juntos para melhorar a qualidade do movimento, evitando que o aluno tenha lesões.

É notório que muitas pessoas que praticam o Pilates fazem dessa atividade um estilo de vida, se tornando adeptos do Método por muitos anos, e isso faz toda a diferença na vida dessas pessoas.

PILATES E FUTEBOL

Atualmente muitos clubes já possuem studios de Pilates e também realizam aulas de Mat Pilates como parte da preparação física e da reabilitação de atletas. Sabemos o quanto o futebol exige dos seus praticantes e o método pode ser uma ótima ferramenta para prevenção de lesões reabilitação.

O foco no fortalecimento do Power house, reequilíbrio muscular, melhora da capacidade vital e cardiorespiratória e ganho de mobilidade e alongamento são alguns dos motivos que muitos atletas profissionais e amadores buscam no método.

Ao realizar, passes e chutes, um dos membros deixa o solo enquanto o outro estará sustentando o peso do corpo, e para que isso não prejudique o desempenho e não gere dores, principalmente nas pernas e tronco, é preciso que a coluna se estabilize antes do movimento, é aí que entra o Power House.

Designed by Freepik

Ao realizar um movimento amplo com membros inferiores, o risco de distensão é alto e por isso, um bom alongamento e um treinamento de contração excêntrica é muito importante! E nisso o Pilates é nota 10! Músculos fortes e alongados são essenciais para o desempenho atlético.

Praticantes de futebol, seja jovem ou idoso, recreativo ou profissional, podem inserir aulas de Pilates na semana para melhorar sua atuação na modalidade e reduzir o risco de lesões.

Independente do esporte, todo atleta que procura o Método Pilates no Esporte, vem em busca do Reequilíbrio Muscular que o Método proporciona, músculos fortes e alongados, coordenação, melhora do gesto esportivo e prevenção de lesões.


Valéria da Silva

CREF ( 026273-G/SP)
Prof. de Educação Física
Graduada pela Universidade UNISA
Pós - Graduada em Ginástica Postural pela Universidade FMU
Formada em Pilates de Solo e Studio pela Fitness Mais

 valerianatacao@gmail.com

 (11) 9-7590-8679


  • APLICATIVO FUTLIGA